> Sete dicas para ser influente na internet

af_outdoor1_9x3m_24agosto2016_oficina

A imprensa como o mundo está acostumado a ver está sumindo por conta do cenário tecnológico e a informação sendo veiculada principalmente pelas redes sociais. Desta forma, as marcas ganham visibilidade se investirem na produção de conteúdo para seus próprios canais. “Ou as empresas se adaptam para conquistar este novo público, ou tendem a ficar para trás”, diz o diretor de Conteúdo da Oficina das Palavras, Ricardo Ruas.

Os próprios meios de comunicação estão aprimorando sua forma de apresentar suas reportagens. Utilizam multiplataformas e diferentes recursos para atrair o público, cada vez mais conectado. Embora pareça algo fácil, quem empurrar somente o conceito “compre nossos produtos” não conseguirá conquistar uma boa presença digital. É necessário entender as regras das redes sociais, de SEO e as de Marketing para atrair, converter, fechar negócio e fidelizar os clientes.

O especialista em mídias digitais, que gerencia este departamento na Oficina das Palavras, Joel Minusculi, reforça que a produção de conteúdo tem que ser criativa, com entendimento do público estratégico. “Pode ser feita uma curadoria de conteúdo, mas isso não é tudo. É importante produção autoral, utilizando as ferramentas disponíveis e plataformas variadas, como textos, fotos e vídeos”, destaca.  Confira algumas dicas:

 

      Queremos conversar mais com você sobre isso:
      Entre em contato pelo (47) 3346-3797 ou e-mail oficina.palavras@grupoodp.com.br
      Ou preencha o formulário de contato no fim da postagem para explicarmos como podemos ajudar.

.

1. Para criação de público e engajamento

Utilização de campanhas que estimulem o compartilhamento de fotos, vídeos e gifs. Precisam ser criativas e divertidas para que o público tenha vontade de compartilhar o material.

2. Conteúdo transmídia

Produção de material que possa render para diferentes redes sociais, como playlists e vídeos.

3. Aumento de alcance

O uso de vídeos é uma tendência atual e que deve ser cada vez mais utilizado, tendo em vista o gosto do público e a utilização dos aparelhos mobiles.

4. Produção colaborativa

Contar com a participação de influenciadores digitais, seja por meio da produção de material ou pelo compartilhamento dele, é uma forma de ampliar a visibilidade.

5. Regras de postagem

A linguagem necessita estar dentro das normas da língua portuguesa, porém de maneira coloquial. Pode ser engraçada e divertida (dependendo do público a ser atingido), mas com informação.

6. Patrocinado x Orgânico

O conteúdo está cada vez mais difícil de se espalhar de maneira orgânica, mas há técnicas para que sejam feitas ações patrocinadas com pouco investimento e muito resultado prático.

7. Atenção às novas mídias

Além da febre Facebook, há outras atualmente: Snapchat, Youtube, Linkedin. Fique atento, os influenciadores vão mudando de mídia em mídia. Tem que estar antenado.