fbpx

Apoio a pessoas carentes e à preservação ambiental mobilizam integrantes do Cativa Ação

POMERODE (SC) – Sempre em busca de atender às necessidades de quem mais precisa de ajuda, além de contribuir com o meio ambiente e atuar na prevenção de problemas, o grupo Cativa Ação está com a agenda repleta de atividades e projetos em 2011. Para isso, tem conseguido apoio interno e aumentado o número de colaboradores em suas ações. Já são cerca de 40 voluntários, empenhados em ajudar o próximo. O atendimento é variado e vai desde a participação de atividades sociais no asilo de Pomerode até a educação infantil para o uso e descarte adequado do óleo de cozinha.
             Segundo a coordenadora do Cativa Ação, Tânia Weh, entre as ações recentes com grandes resultados está a mobilização para a recuperação do Centro de Convivência Pommernhein. Depois da enxurrada e com o auxilio da comunidade pomerodense, a casa de idosos foi recuperada. “Nossa atuação agora será a organização de eventos sociais uma vez por mês. Levaremos música, dança, entretenimento e alegria aos moradores do lar”, comenta Tânia.
             A primeira ação ocorreu no dia 16 de abril e contou com a participação do Grupo Folclórico Edelweiss de Pomerode. “Vamos tentar cobrir uma necessidade afetiva dos 44 internos, muitos deles sem contato algum com a família”. Para o café do Dia das Mães, no sábado seguinte à data, a equipe ajudará nos afazeres do evento realizado anualmente pelo asilo. Os voluntários do Cativa Ação estão dispostos em contribuir para que o sucesso desse evento se repita como nos últimos anos.

Respeito e proteção ambiental
            Outra atividade que será mantida em 2011 é o projeto “De Óleo no Futuro”, em parceria com os governos municipal e estadual. A proposta é fazer palestras de conscientização para os estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio no intuito de repassar a importância do descarte correto do óleo de cozinha, para evitar a contaminação dos mananciais. Na semana passada foi realizado o projeto na Escola Básica Municipal Almirante Barroso, com grande participação dos estudantes, que interagiram com o assunto.
            Nessa mesma linha, de proteção ambiental, o Cativa Ação pretende dar início a um projeto de coleto das lâmpadas fluorescente e incandescente com vidro leitoso. A cor branca é resultado da combinação de pós como flúor e fósforo, altamente tóxicos. “Essa proposta ainda está caminhando, mas acreditamos ter um bom desdobramento em breve”, completa a coordenadora do grupo, Tânia Weh.  

Cativa Têxtil
Rua Hermann Ehlert, 320, Pomerode (SC)
Fone/Fax: 55 (47) 3387-9999
www.cativa.com.br – institucional e loja online

 

Oficina das palavras Assessoria de Imprensa, Blumenau, SC

Óleo no futuro_abril_2011_002.JPG

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.