BRK Ambiental informa sobre o funcionamento dos canais de atendimento neste fim de ano

BRK Ambiental informa sobre o funcionamento dos canais de atendimento neste fim de ano

Como forma de garantir a operação e a manutenção de todas as instalações do sistema público de esgotamento sanitário em Blumenau neste fim de ano, a BRK Ambiental, responsável pela prestação do serviço no município, seguirá com os atendimentos emergenciais pelo 0800 771 0001, canal disponível 24 horas por dia e em todos os dias da semana. A população também pode contar com o WhatsApp (11) 9 9988-0001, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com exceção dos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro de 2021. Em 24 e 31 de dezembro, o atendimento neste canal será das 8h às 12h.

Todos os canais de atendimento da BRK Ambiental são gratuitos e podem ser acionados para informações e/ou solicitações dos serviços relacionados ao sistema público de esgotamento sanitário, como desobstrução e reparo de rede ou de ramal. “A forma mais ágil e rápida para atendermos qualquer solicitação de nossos clientes é quando entram em contato diretamente conosco, pois conseguimos ter as informações corretas e acionar a equipe mais adequada, para rapidamente chegar até o local necessário. Essa é a grande importância de nosso serviço de atendimento ao cliente. Quando a solicitação for relacionada ao esgotamento sanitário, falem diretamente conosco”, afirma Cleber Renato, diretor da BRK Ambiental em Blumenau.

Utilização correta e cuidados com a rede de esgoto evitam transtornos que geram ocorrências emergenciais

Ao fazer a interligação das tubulações internas dos imóveis à rede pública de coleta de esgoto, é preciso estar bastante atento à importância de efetuá-la de forma correta, garantido seu bom funcionamento, o que irá evitar os transtornos que geram ocorrências emergenciais.

Não conectar o sistema de coleta de água de chuva (calhas de telhado e ralos externos) na ligação de esgoto é fundamental para o funcionamento correto deste sistema. A água de chuva misturada ao esgoto sobrecarrega o sistema de coleta e pode causar transbordamentos em vias públicas, obstruções de tubulação e até mesmo retornar para dentro das residências. A água da chuva deve ser destinada diretamente ao sistema público de drenagem pluvial.

Redes coletoras de esgoto são dimensionadas para operar com 99% de material líquido e somente 1% de sólido, o que é a composição normal do esgoto doméstico. Nesse sentido, é muito importante não permitir que materiais estranhos sejam levados para dentro da ligação de esgoto, como resíduos de construção civil (pedras, restos de cimento, madeira, plástico, papelão, sacos, entre outros.) e descartes de banheiro (papel higiênico, fio dental, preservativos, cabelo, cotonetes, tecidos, sacos plásticos, etc.). Outro grande problema é o descarte irregular de resíduos de cozinha, como restos de comida e, principalmente, óleo e gordura. “O lixo, ou qualquer resíduo sólido, quando descartado na tubulação de esgoto pode resultar em entupimentos, vazamentos e até no risco do retorno do esgoto aos imóveis, seja em sua própria casa ou, eventualmente, pode acabar prejudicando seus vizinhos”, explica o diretor.

A BRK Ambiental reforça a necessidade do comprometimento das pessoas com o uso correto e o bom funcionamento do sistema de coleta de esgoto no município. “As tubulações (redes e ramais) que compõem a malha de coleta do esgotamento sanitário são todas interligadas, por isso é necessária a participação de todos, com o compromisso socioambiental de não descartar lixo de forma inadequada pelos ralos de banheiros, pias, vasos sanitários e qualquer outro acesso às redes de esgoto”, conclui.

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:
Letícia Oberger – jornalismo4@grupoodp.com.br – + 55 (47) 99994-1484
Victória Girotto – jornalismo6@grupoodp.com.br – +55 (47) 9 9994-1484

BRK AMBIENTAL
ETE Fortaleza – Rua Adolfo Radunz, 380
ETE Garcia – Rua Lions Clube, 139
SAC: 0800 771 0001 | sac-blumenau@brkambiental.com.br

Nenhum comentário

Comente!

Top