fbpx

Conheça alguns dos trabalhadores que não param nas festas de fim de ano

BLUMENAU (SC) – Para muita gente o fim de ano é sinônimo de festas e descanso, mas este costume não vale para todos.

calendar

BLUMENAU (SC) – Para muita gente o fim de ano é sinônimo de festas e descanso, mas este costume não vale para todos. Algumas ocupações exigem que profissionais deixem a confraternização de lado para exercer a sua função. A maioria atua em áreas de atendimento essencial ao público e não se importa de deixar o Natal ou o Ano Novo com a família para passar algumas horas auxiliando àqueles que necessitam. “É gratificante ajudar alguém nestas datas. Traz um sentimento de paz”, afirma a Técnica de Atendimento do Grupo Jardim da Saudade, Silvana Marli Giovanella.
Este sentimento é o que motiva Valdevan dos Santos Ferreira. Há dois anos ele faz plantão com o Grupo Jardim da Saudade e conta que já perdeu as contas de quantas ceias de Natal passou no serviço. No início, a ideia não pareceu tão agradável, mas logo mudou de opinião. “O melhor presente é ajudar outra pessoa. É um momento de mostrar solidariedade com o próximo, mesmo numa data especial como a de final de ano, que muitos preferem estar em casa”, afirma.
Para a família de Valdevan, as festas de fim de ano são um pouco diferentes do tradicional. A esposa, Cristiane Souto Leite Ferreira, conta que já se acostumou a preparar o jantar mais cedo para que o marido possa levar um pouco da ceia para o serviço. Ela afirma que os dois filhos, parentes e amigos procuram fazer uma festa maior no dia seguinte, para comemorar junto com o funcionário do Grupo Jardim da Saudade. “Nós já nos acostumamos a passar a noite com a família e o almoço do dia seguinte com ele. No dia 25 deixamos a mesa pronta, como se fosse na ceia e trocamos os presentes todos juntos”, conta.
Informações para a imprensa – Oficina das palavras:
Martha Kienast – [email protected] – (47) 3346-3797 / (47) 9994-1265
Cemitério Jardim da Saudade
www.jardimdasaudade.com
BR-470, KM 50, 5800, Fortaleza, Blumenau (SC).
Horário de atendimento: Das 7h30min às 19h.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.