Viagens de trem até Paranapiacaba terão mais horários a partir de setembro

Viagens de trem até Paranapiacaba terão mais horários a partir de setembro

Viajar agora pelo Expresso Paranapiacaba será ainda mais fácil. A empresa fará algumas viagens a mais por mês em alguns sábados a partir de setembro. Semanas atrás, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos aumentou o número de passeios para atender a demanda do Festival de Inverno e foi um sucesso.

Todos os bilhetes foram vendidos com antecedência. A companhia fez as contas e, de janeiro a julho deste ano, 6.109 passageiros realizaram as viagens de trem, enquanto que no ano anterior, foram 8.673 pessoas interessadas em conhecer de perto o trajeto de trem da capital ao interior paulista.

O passeio do Expresso Turístico é feito por um uma locomotiva com dois carros de passageiros, que comportam 174 pessoas, além de espaço para cadeiras de rodas (com cinto e ancoragem). Ela foi cedida pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF). O percurso parte da Estação da Luz, uma dos mais importantes marcos arquitetônicos do país, e segue até Paranapiacaba, com opção de embarque e desembarque na Estação Prefeito Celso Daniel, em Santo André. A viagem de trem dura em torno de 1h30min e passa por ruas e construções inspiradas em vilas inglesas, contando como foi a implantação da ferrovia no estado paulista no século 19. É um verdadeiro mergulho na história.

As passagens são vendidas das 9h às 18h nas bilheterias das estações da Luz, por R$ 50 (ida e volta), e Prefeito Celso Daniel-Santo André por R$ 44 (ida e volta).

Mais informações sobre o trajeto e compra de bilhetes você encontra aqui.

Paranapiacaba fica na região do ABC paulista. É um bairro de Santo André. E o sobram atrativos turísticos para quem encara os minutos de viagem de trem, seguindo os trilhos da capital apara o interior.  A estação é de 1898, e carrega características inglesas, origem dos imigrantes da região. O relógio no alto da torre é uma reprodução do Big Ben e pode ser avistado há muitos metros de distância.

No mesmo local funciona o Museu do Sistema Funicular, uma verdadeira homenagem às viagens de trem. Apaixonados pelas locomotivas e vagões encontram no local trens que foram utilizados no período imperial para transporte inclusive de personalidades como Dom Pedro II.

Dizem os estudiosos que Paranapiacaba é um termo em Tupi que significa “lugar de onde se avista o mar”. A simpática vila colorida com ares ingleses está entre os 100 monumentos mais importantes do mundo de acordo com levantamento World Monuments Fund , entidade que tem papel fundamental na preservação do patrimônio histórico.

Foi criada pela empresa São Paulo Railway para o controle operacional da ferrovia e para moradia dos colaboradores. Logisticamente, o projeto levou em conta a única fissura existente na Serra do Mar, praticamente o mesmo utilizado pelos índios e cujo objetivo era conectar o interior paulista ao porto de Santos. Foi o Barão de Mauá que solicitou a alguns sócios ingleses a tecnologia para realizar o projeto. Deu certo e até hoje é um local de referência turística.

As viagens de trem são muito comuns em outros países do mundo, como Peru, Holanda, Inglaterra, Itália,  Portugal, Alemanha e por toda a Europa. E os trilhos de trem são ainda muito usados até hoje em São Paulo. Por isso, a Estação da Luz está entre as mais importantes estações ferroviárias do estado. Toda a parte arquitetônica que encanta os visitantes foi projetada por Charles Henry Driver, arquiteto britânico reconhecido em todo o planeta por ter feito o projeto de outras estações em diferentes  países.

Se você tem interesse em conhecer e até encarar esta viagem de trem, a estação está localizada no Bom Retiro e faz parte da rede de transportes sobre trilhos da CPTM. Por aqui é possível fazer a transferência gratuita para a Estação Luz do Metrô de São Paulo. Como tudo em São Paulo é gigante, a Estação da Luz é a segunda mais movimentada da rede metro-ferroviária, com até 147 mil passageiros todos os dias.

Para fazer a viagem com os metrôs, vale ressaltar que a estação conecta às linhas 1-Azul e 4-Amarela, por uma passagem subterrânea. Também é o ponto inicial de duas linhas de ônibus (chamados Expresso Leste – linhas 7 e 11).

Para os amantes dos museus, a viagem até São Paulo pode ser mais um motivo para algumas horas a mais no Museu da Língua Portuguesa, que está localizado junto da Estação da Luz e foi inaugurado em 2006.

Nenhum comentário

Comente!

Top