French Canadá (parte 3). Amizade de infância!

French Canadá (parte 3). Amizade de infância!

Sabe aquela sensação de que você conhece a pessoa há anos, já que se entrosam em tudo e se divertem? Pois foi isso o que aconteceu na minha viagem ao lado francês do Canadá. Mas vou contar de trás para a frente.
Fui sozinha. Cheguei ao local da saída do ônibus e percebi que os estudantes viajavam em pequenos grupos, que já se conheciam das escolas que freqüentavam. Aí, logo fomos avisados que deveríamos dizer ainda no início da viagem com quem gostaríamos de dividir o quarto. Pensei positivo, não entrei em pânico.
Quando a guia de turismo estava ao meu lado, ouvi uma estudante falar em português que ficaria no quarto com outra brasileira. Foi quando eu pulei praticamente em cima delas e perguntei se poderia ficar no mesmo quarto. Elas toparam, pois estavam na mesma situação que eu, sozinhas e inseguras com quem dividir a viagem.
Bom, eu não poderia ter sido mais sortuda! Tive as melhores companheiras de viagem do mundo! Acertamos no estilo, queríamos bater perna e ficar longe de shoppings. Munidas de meu guia do Canadá, desbravamos ao máximo cada cidade. Rimos tanto, brincamos tanto, que no final de cada um dos dias estávamos tão felizes que era visível nosso prazer em dividir a viagem, as experiências no Canadá e a saudade de algo no Brasil.

Agora vou contar a história de cada um delas. Começando pelo bebê da turma. Allane Andrade (de preto na foto) tem 20 anos. É de Fortaleza (CE). Tem um sotaque delicioso e hábitos alimentares muito diferentes. Eu quase morria com a comida apimentada e ela achava tudo fraquinho. Voltando ao assunto. Ela estuda Design e Arquitetura no Brasil. Isso mesmo, duas faculdades. Como pensa em estudar fora do país, decidiu aprimorar o inglês. Ficará três meses aqui. Ela é super focada, mesmo. A mais quieta de todas nós. Tem a cabeça aberta para o mundo, tanto que deseja fazer Design na Itália no ano que vem. O inglês irá ajudar, pois as aulas são em inglês também. Mas retorna ao Brasil para estudar italiano. Repito, ela tem apenas vinte anos!

Depois tem a Daniela dos Reis de Souza (casaco claro na foto). Mineira de Belo Horizonte, tem riso frouxo. Completou 36 anos aqui no Canadá. Veio passar as férias de um mês. É casada e se preparou durante seis meses para a viagem. Trabalha na área de finanças e conseguiu planilhar com antecedência toda a viagem. Para ela, estudar no Canadá é um sonho, e o que mais aproveitou foi a conversação fora da sala de aula. Daniela esta levando tão a sério o curso que estuda todas as noites na casa em que está hospedada. Dedica-se muita às provas e sabe que essa responsabilidade se deve ao fato de ser mais madura do que a grande maioria dos demais estudantes da sua escola. Veja o que elas têm a dizer.

Bem, depois eu vou contar como foi nosso último dia de viagem à capital Ottawa. Lá eu conheci os biscoitos preferidos do Obama! Quer saber como são? You just have to watt a little, ok?

Nenhum comentário

Desculpe, os comentário estão temporariamente desativados.

Top