Gestão de equipes em home office

Gestão de equipes em home office

O desafio de manter o foco e a produtividade a distância

A realidade é a mesma em diferentes continentes. O foco principal agora é saúde própria e do coletivo. Todos estão em teste. Profissionalmente falando, o que antes era realidade de uns virou endereço da maioria: home office. Equipes que podem trabalhar remotamente planejam maneiras de manter a rotina o mais dentro da normalidade possível. Mas fomo ficam os gestores de agora times home office? Janaína Manfredini, especialista em Evolução & Estratégia, já vem adaptando as consultorias de CEOs e líderes para essa nova realidade, e lista abaixo cinco orientações para os gestores de equipes a distância:

  1. Mantenha reuniões. Siga tudo que for possível da sua agenda de reuniões e bate-papos, porém de forma virtual. Mantenha as interações. Aproveite para marcar outras conversas com pessoas que você gosta, admira, o networking de verdade agora pode ser de grande valia, pois trocar ideias gera insights incríveis, uma vez que o isolamento não é o mais criativo dos amigos.
  2. Faça sua rotina de gestão. Se você for gestor, certamente possui uma e é fundamental que você continue com ela, assim como as reuniões com o time. Sejam as de planejamento, em que combinam as ações e entregas, ou os encontros de acompanhamento. E, ainda mais importante do que nunca, as “reuniões individuais” para que você possa dar apoio ao seu time, entender o que está acontecendo com aquele ser humano. Se está bem, saudável, se precisa de algum estímulo, se precisa de algum suporte.
  3. Evolua a gestão de pessoas e processos. Para os gestores, principalmente aqueles que não têm tempo para fazer gestão de pessoas, este momento de pandemia pode ser de grande aprendizado, pois as prioridades ficarão muito claras, concorda? Ou seja, quando todos saírem dessa, haverá muito mais consciência das prioridades. O que é fundamental para a gestão.
  4. Recorra à tecnologia e ferramentas on-line. As ferramentas de armazenamento e compartilhamento de documentos serão grandes aliadas. As de comunicação virtual são de vital importância.
  5. Aproveite para se desenvolver. O profissional sempre deve ter um tempo na agenda para aprender coisas novas e aprofundar conhecimentos. O home office é uma oportunidade, que serve muito também para aqueles que estão trabalhando ou para aqueles que não conseguiram levar o trabalho para casa. Faça uma lista das coisas que precisa “estudar”, peça dicas com os amigos de quais são as melhores fontes para isso na internet, procure materiais e cursos on-line. Aproveite o tempo também para se desenvolver.

Ou seja, adaptações serão importantes neste período. Será necessário testar o que funciona bem e o que precisa de ajuste, para entender se funciona bem para seu trabalho também. “Quanto mais ativos estivermos em casa, melhor passaremos por tudo isso. Esta pode ser uma oportunidade de equilíbrio. Trabalhar, entregar e, ao mesmo tempo, estar próximo da família e apoia-la, estreitar laços. Por isso, tenha em mente: não será igual, mas pode ser melhor”, finaliza Janaína.

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:
Ana Ruschel – ana.ruschel@grupoodp.com.br
WhatsApp (47) 9 9965-0309

Effecta Coaching

Rua Almirante Barroso, 730 – Vila Nova
Blumenau (SC)

Nenhum comentário

Comente!

Top