Plataforma ajuda micro e pequenos negócios a colocarem as contas em dia

Plataforma ajuda micro e pequenos negócios a colocarem as contas em dia

A Débito Direto, disponível gratuitamente em aplicativo e web, unifica todos os boletos em uma única fatura e oferece prazo e parcelamento para pagamento de contas. Em Santa Catarina, 37 empresas já utilizam a ferramenta lançada há pouco tempo no mercado

Com a flexibilização do isolamento social e a reabertura dos estabelecimentos comerciais em grande parte do país, micro e pequenas empresas começam a apresentar os primeiros sinais para acompanhar a retomada, ainda que em ritmo lento, da economia. Muitos empreendedores e empresários se encontram num momento de avaliação dos impactos e das possibilidades de recuperação dos prejuízos dos últimos meses. Um levantamento feito pelo Sebrae apontou que entre março e julho, o percentual de pequenos negócios que buscaram crédito passou de 30% para 54%. Por outro lado, a pesquisa mostra que 56% dos empreendedores tiveram seus pedidos de empréstimos negados.

A busca por empréstimo é muitas vezes o último recurso encontrado para ajudar a salvar o negócio, ao menos num curto prazo, e equilibrar as contas. Mas, outras alternativas são ofertadas com o mesmo propósito de auxiliar pequenas e médias empresas a ganharem mais tempo para pagarem suas contas e garantirem a sustentabilidade dos negócios, sem a necessidade de criar uma nova dívida. Essa é a solução oferecida pela Débito Direto, um aplicativo gratuito (web e mobile) que ajuda empreendedores e empresários a colocarem as contas em dia oferecendo prazo e parcelamento para o pagamento de boletos, e para quem tem dinheiro em caixa, garante um desconto de 5% no pagamento antecipado.

O usuário se cadastra, adiciona os boletos na plataforma, gera uma fatura única e a Débito Direto paga as contas, dando um prazo adicional ao empresário e empreendedor de 20 dias ou, ainda, a possibilidade de parcelar o valor no cartão de crédito em até 10 vezes. Toda a operação é integrada com os bancos para a cobrança por boleto e cartão, e para o pagamento das contas dos clientes. Todos os boletos ficam registrados em um histórico dentro do aplicativo ou web com os comprovantes de pagamentos, que podem ser salvos e impressos para levar à contabilidade. É possível adicionar e pagar boletos pelo app, site, Whatsapp e a Débito Direto é a primeira fintech de pagamentos de boletos por e-mail, ou seja, o cliente envia o boleto por e-mail e a Débito Direto adiciona na fatura e ainda oferece até 20 dias para o cliente pagar.

Gustavo Costa, proprietário do Mercado Portugal, em Blumenau (SC), utiliza a ferramenta há alguns meses e considera a facilidade e a praticidade como grandes diferenciais da Débito Direto. “Eu adiciono meus boletos e pago todos de uma só vez. Faço os pagamentos semanalmente, é prático e agiliza o dia a dia. O app oferece vantagens tanto para quem está meio apertado, com a possibilidade de conseguir jogar o pagamento dos boletos para frente ou parcelar no cartão, como também para quem está com um pouco de caixa disponível e consegue pagar as contas antecipadas e ganhar um desconto. Ajuda os empresários dos dois lados”, avalia.
Já Rodrigo Leal, proprietário da Allgebra Contábil, em Blumenau (SC), afirma que a Débito Direto ajuda a organizar melhor o fluxo de caixa de seu escritório. “Dentre as vantagens que encontramos com a ferramenta está a possibilidade de alongar prazos e parcelar despesas e até mesmo impostos sem pagar a mais por isso, com a segurança de que tudo será pago dentro do prazo”, comenta.

A Débito Direto, que foi criada durante a pandemia, já apresenta um número expressivo de clientes que utilizam a ferramenta para obter prazo e parcelamento das contas. Em três meses de funcionamento, já atua em nove estados e contabiliza 37 clientes em Santa Catarina, sendo 32 deles em Blumenau, cidade-sede da fintech. “A pandemia afetou negócios de diferentes setores como mercados de bairros, conveniências, padarias, cabeleireiros, restaurantes e escolas. E nossa solução tem o propósito de ajudar na recuperação e dar um novo fôlego para esses empreendedores e empresários que precisam equilibrar as contas neste período e, assim, conseguirão manter seus negócios. Nosso foco agora está em ampliar a atuação com restaurantes, lanchonetes, minimercados, pequenos comércios, lojas de roupas e acessórios e contabilidades”, comenta Bruno Grahl, CEO da Débito Direto.

Os pequenos negócios são essenciais para a retomada da economia, recuperação de empregos e geração de renda. Esse setor ainda vive uma situação delicada, decorrente da redução da demanda por conta do período de isolamento social, acarretando no endividamento que deve seguir nos próximos meses. Um ponto importante a ser considerado pela pesquisa do Sebrae é uma alta proporção das micro e pequenas empresas em atraso que começaram a usar ferramentas digitais na gestão do negócio após a crise (42%), descobrindo diversas oportunidades, como a Débito Direto, que se tornam verdadeiras aliadas.

Assessoria de Imprensa – Oficina das Palavras:
Patrícia Wippel – litoral2@grupoodp.com.br – + 55 (47) 99994-1265

Débito Direto

https://debitodireto.com/

Nenhum comentário

Comente!

Top