Polícia registra golpes contra turistas brasileiros em Santiago, no Chile

Polícia registra golpes contra turistas brasileiros em Santiago, no Chile

Nosso dever é informar, por isso, o Passaporte Oficina alerta para a onda de golpes que vem sendo dada em turistas brasileiros em Santiago, no Chile.  Nesta época de diferença cambial, passagens em promoção e o desejo de curtir um friozinho nas Cordilheiras faz com que aumente o fluxo de visitantes do Brasil em território chileno. Mas fique atento!

Já no aeroporto,  os taxistas “piratas” se oferecem para ajudar, perguntando o contato telefônico da pessoa que ficou de fazer o seu transfer. Eles fingem ligar, dizem que houve um problema e que o que foi acertado não vai mais acontecer. Daí sugerem para levar você ao seu destino. Não faça isso, é golpe já alertado pela polícia chilena.

Outro: alguns táxis não autorizados estão com o taxímetro adulterado e correm mais rápido do que deveriam. Uma viagem pode custar até 20 vezes mais do que o valor real. Procure os veículos credenciados. Na dúvida, converse com a guarda que circula pelo aeroporto. Ou utilize o aplicativo Easy Taxi.

Fique atento à moeda do Chile. Taxistas desonestos, ao perceberem que receberam uma nota de 10 mil pesos, trocam por uma de mil e dizem: você me deu o dinheiro errado. Como está pouco acostumado, pode achar que foi verdade e nem vai discutir, sendo logrado. Ao fazer o pagamento, já diga: “Estou te dando 10 mil pesos”, para ele saber que você sabe o que está fazendo. Nesta mesma linha, tem ainda os que te devolvem notas falsas. Daí fica mais difícil ainda de saber que está sendo lesado.  Se tiver condições, pague com notas mais baixas.

Nenhum comentário

Comente!

Top