Quais lições o setor de RH pode extrair da gestão de crise durante a pandemia e levar para o resto da vida?

Quais lições o setor de RH pode extrair da gestão de crise durante a pandemia e levar para o resto da vida?

Um ano atípico, isolamento social, jornadas de trabalho diferenciadas, home office e tantas outras mudanças. 2020 foi de transformações e desafios tanto para colaboradores quanto para os gestores. Nessas situações, um setor de desenvolvimento humano alinhado e organizado pode fazer toda a diferença. Afinal, como manter todos calmos, unidos e motivados em uma pandemia? Cláudia Orçati Caniceiro, gerente de Desenvolvimento Humano Organizacional da Brandili Têxtil, ressalta algumas lições que são essenciais para momentos como esse que estamos vivendo e que devem ser levadas para o resto da vida.

A importância de colaboradores engajados e que fazem a diferença

Em meio à crise ou em momentos difíceis e instáveis, ter um time que veste a camisa e que você pode confiar é primordial para a saúde do negócio. Na pandemia, por exemplo, muita coisa mudou. Jornadas reduzidas, home office e tantas outras adaptações. Ter uma equipe em que você pode confiar e que está engajada em fazer acontecer é sinônimo de mais tranquilidade nos momentos atípicos.

A comunicação é peça-chave

Não deixe burburinhos se espalharem. Comunique, explique e dialogue com os colaboradores. Seja transparente. Em uma crise, seja ela financeira ou emocional, esclarecer fatos e deixar tudo em pratos limpos é um antídoto contra o clima de incertezas que afeta as pessoas em situações desfavoráveis. Portanto, tenha fortes canais de comunicação, eles com certeza serão essenciais em momentos como o que vivemos em 2020.

Gestores preparados e parceiros do RH

Mais do que nunca é preciso ter gestores com inteligência emocional para dialogar com os colaboradores, estejam eles presencialmente ou em trabalho remoto. Ter uma equipe de líderes treinados e capacitados para os mais diferentes momentos faz toda a diferença. Sempre repassamos aos nossos gestores a importância da conversa, da troca e de conhecer seu time. E durante a pandemia isso ficou ainda mais latente. É preciso estar atento, pois novos momentos exigem novas abordagens e, quando se conhece a equipe, isso acontece de maneira espontânea. O momento é delicado, foi um ano difícil para todos, tanto emocional quanto financeiramente, portanto é preciso diálogo e que ele seja assertivo.

 

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:

Camila Tibes – jornalismo5@grupoodp.com.br – +55 (47) 99994-1484

Brandili

Matriz: Rua Quintino Bocaíuva, 29, Apiúna (SC)
CAB: Via Expressa Paul Fritz Kuehnrich, 867, Itoupava Norte, Blumenau (SC)

Tags:
Nenhum comentário

Comente!

Top