fbpx

Saiba quais são os tipos da bebida que combinam com os dias mais quentes

POMERODE (SC) – De acordo com o Sebrae, 13 bilhões de litros é a produção de cerveja no Brasil por ano. O consumo anual por aqui chega a 14 bilhões de litros.

Foto_014-2015(Garrafa  e Copo WitBier) - menor
POMERODE (SC) – De acordo com o Sebrae, 13 bilhões de litros é a produção de cerveja no Brasil por ano. O consumo anual por aqui chega a 14 bilhões de litros. Ou seja, consumimos mais do que produzimos. Os números comprovam que a bebida é um xodó dos brasileiros. Com a chegada do Verão, ela é ainda mais procurada e apreciada. Principalmente aquelas mais leves, que combinam com os dias mais quentes. “As cervejas tipos Pilsen e Witbier são perfeitas para esse período. O Pilsen é um estilo mais simples, leve e é o preferido de muita gente. Já o Witbier tem casca de laranja e tangerina, além de sementes de coentro e cominho, ingredientes refrescantes e aromáticos que combinam com a estação quente”, revela o mestre cervejeiro da Schornstein, Patrick Zanello. É ele quem conta mais detalhes sobre esses dois tipos de cerveja que combinam tão bem com o calor. Acompanhe e aprecie com moderação:
– Pilsen: Sabia que é o tipo de cerveja mais consumido do mundo? Clara e cristalina, tem 4,5% de teor alcoólico. É muito brilhante, apresenta uma bela formação de espuma e o aroma remete ao malte e aos cereais, características confirmadas no paladar. Muito refrescante e com ótima suavidade, harmoniza com diversos tipos de entradas e queijos frescos como minas, ricota ou burrata.
– Witbier: É uma cerveja que leva trigo, assim como a Weiss. A Weiss é uma cerveja de trigo alemã, a Witbier é a versão belga desse estilo. Normalmente costuma ser condimentada com casca de laranja e coentro. Porém pode ser adicionada outras especiarias, como gengibre, cominho e alecrim, por exemplo.  Com 5% de teor alcoólico, é uma cerveja refrescante e saborosa, indicada para as estações mais quentes do ano. É clara e turva. A da Schornstein leva na composição um percentual de trigo e especiarias, notas frescas, delicadas e cítricas de laranja, tangerina e coentro. É perfeita para ser degustada com saladas, peixes, frutos do mar e sobremesas.
Foto_015-2015 (caneco e tanque)
Informações para a imprensa – Oficina das palavras:
Camile Magalhães – [email protected] – (47) 3322-0545 / (47) 9994-1484.
Schornstein
www.schornstein.com.br
Rua Hermann Weege, 60, Centro, Pomerode (SC)

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.