Visitar cavernas é lindo, mas exige cuidado

Visitar cavernas é lindo, mas exige cuidado

Os 12 meninos jogadores de futebol que ficaram desaparecidos por nove dias em uma caverna na Tailândia juntamente com o técnico mostram ao mundo os riscos de se aventurar sem conhecimento técnico. Fazer trilhas e conhecer cavernas fazem parte do turismo em todo o planeta, mas é preciso cuidado.

Tenha itens de segurança na mochila – kit de primeiros socorros, alguns alimentos, lanterna, fósforo, muda de roupa, toalha… Tudo isso pode ser extremamente útil caso você se perca e precise esperar um resgate. É melhor se prevenir.

Vá acompanhado de guia – eles são profissionais treinados, que conhecem o local e sabem os detalhes sobre a geografia e as variações climáticas. Em caso de locais em que não tenham guias, avise para familiares sobre o seu passeio e a previsão de retorno. Qualquer atraso pode indicar a possibilidade de solicitação de ajuda.

Ande em grupos – mesmo que todos sejam novatos em visitação a cavernas, um pode ajudar o outro caso ocorra um incidente, por exemplo.  Em caso de emergência, um dos integrantes do grupo pode ir buscar ajuda.

Utilize roupas e calçados adequados – geralmente as cavernas são ambientes mais frescos, porque não recebem a luz direta do sol. Por isso, utilize calça e blusa de manga comprida e calçados com solados antiderrapantes.  Locais mais estreitos exigem ainda luvas, cotoveleiras e joelheiras. Ou seja, você precisa ao menos estudar o percurso antes de embarcar numa aventura.

Cada caverna é diferente – pesquise sobre a sua caverna e descubra o que os moradores fazem para manter a segurança na caverna que você irá explorar. Se você tiver um mapa da caverna, leve com você. Oriente-se com frequência e leve uma bússola.

Nenhum comentário

Comente!

Top