7 praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú

7 praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú

Pode parecer lorota, mas existem 7 praias pouco conhecidas em Balneário Camboriú. A cidade é conhecida principalmente pela mais famosa parte da orla, a da Praia Central, com seus prédios altos, muitos restaurantes e bares, lojas e uma infinidade de possibilidades de turismo e lazer. Mas este trecho do litoral de Santa Catarina tem muito mais a oferecer.

Nascer do sol na Praia Central de Balneário Camboriú
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Viajar a Balneário Camboriú é estar perto do mar, mas também da natureza em sua essência. Pela cidade é possível estar em contato com o verde das matas, o relevo dos morros e a proximidade com o Oceano Atlântico. É também ter contato com a tecnologia e arrojo dos prédios e empreendimentos turísticos. É saber aproveitar o dia e a noite. Ter experiências únicas. Viajar a Balneário Camboriú é ter momentos de prazer e diversão num dos mais reconhecidos pontos turísticos do Brasil. O que pouca gente sabe é que, além da Praia Central, Balneário Camboriú tem outras praias, ainda mais agrestes. Prepare-se para conhecer as praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú e começar a se planejar para dias incríveis.

Praia Central

A Praia Central de Balneário Camboriú é cercada de prédios e repleta de turistas na alta temporada. É também onde a maioria dos turistas se encontra. Passear no calçadão da Avenida Atlântica é ver de perto o vai e vem das pessoas e desfrutar de sombra e água fresca. Surfe, mergulho ou apenas um banho de sol estão entre as atividades de quem escolhe a Praia Central de Balneário Camboriú para as férias. De diferentes pontos é possível ter diferentes visões da cidade. E em cada um deles, um encantamento ainda mais real desta cidade.

Vista aérea da Praia Central
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Praia de Laranjeiras

A Praia de Laranjeiras em Balneário Camboriú é um recanto de mar calmo e águas agradáveis. São 750 metros de orla ideais para as brincadeiras de criança e momentos felizes entre a família. Além disso, para quem gosta de uma boa aventura, há uma tirolesa com descida com muita adrenalina e uma vista perfeita. Mesmo com uma pequena extensão, possui infraestrutura completa com restaurantes, bares, atendimento na areia da praia e duchas para o pós-sol. Além da orla propriamente dita, a Praia de Laranjeiras tem ainda estabelecimentos gastronômicos próximos, na avenida de acesso. Quem visita o local em períodos de baixa temporada, pode ter a chance de encontrar inclusive pinguins, que chegam à região trazidos pelas correntes marítimas.

Ah, a Praia de Laranjeiras é também uma das poucas do mundo onde é possível chegar de teleférico. Ela integra o Parque Unipraias, um espaço turístico com cabines elevadas que levam ao Morro da Aguada e depois à Praia de Laranjeiras. Outras possibilidades é visitar o lugar de carro, uber, escuna ou ônibus. Esta é mais uma das praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú.

Dia de sol nas areias da Praia de Laranjeiras
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Praia de Taquaras

Situada cerca de 12 quilômetros da Praia Central, a Praia de Taquaras em BC é ideal para contemplar a natureza, ler um livro, praticar ioga e esquecer da vida. O mar é mais ousado, com ondas fortes e no formato de rampa. Ainda assim, é possível ver surfistas encarando as águas agitadas. Há estrutura de restaurantes e bares, além de hospedagem praticamente de frente para o Atlântico.

Poucos banhistas se divertem na Praia de Taquaras
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Praia de Taquarinhas

Vizinha à Praia de Taquaras, Taquarinhas também é destaque em Balneário Camboriú. Uma das mais agrestes, até pelo acesso e falta de infraestrutura turística, o lugar se mantém praticamente intocável. São 600 metros de extensão, areias grossas, águas límpidas, mar tipo tombo e totalmente agreste, sendo propícia para prática de pesca de arremesso. Vale o passeio pelo contato com a natureza.

A natureza é incrível na Praia de Taquarinhas
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Praia do Pinho

Primeira praia naturista do Brasil, a Praia do Pinho ganhou notoriedade pela ousadia em décadas passadas. O contato com a natureza é ainda mais estreito quando se está nu, como viemos ao mundo. O naturismo é esta prática de envolvimento com o meio ambiente sem receios ou pudores, porém com muito respeito e responsabilidade. A Praia do Pinho tem pequena extensão, mas com algumas possibilidades de atividades. Tem águas claras, limpas e com muita natureza ao redor. No local há estrutura de camping, pousada, além de bares e restaurantes. O Pinho ganhou fama nos anos 1980, mas atualmente, está entre as praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú.

A Praia do Pinho foi a primeira praia de nudismo oficial do Brasil
Foto: Sil TLN

Praia do Estaleiro

Com natureza preservada, a Praia do Estaleiro em Balneário Camboriú tem ganhado status entre os ricos e famosos. Alguns condomínios fechados trazem celebridades para o local. Personalidades como a top model internacional Carol Trentini possui casa por aqui. Esta talvez já seja a região da Rodovia Interpraias com o maior número de residências. Mas como apenas um pequeno trecho tem acesso de automóveis, a praia se mantém linda e quase sem interferência humana. E a infraestrutura que chegou está bem no clima da sustentabilidade. Por isso, a Praia do Estaleiro é também Bandeira Azul, reconhecimento internacional de praia sustentável e amiga do meio ambiente. Apesar de manter costões e piscinas naturais, dependendo do dia, fica bem difícil encarar o banho por aqui. Mas geralmente no início da manhã, o mar está calmo quase sem ondas. Ideal para se refrescar.

Entre as belas praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú está a Praia do Estaleiro
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Praia do Estaleirinho

Vizinha da Praia do Estaleiro, a Praia do Estaleirinho é outra atração de Balneário Camboriú. É bem tranquila ainda, mas começa a ganhar visibilidade  graças aos bons restaurantes, pousadas e hotéis de luxo e day-clubs que recebem gente chique e que ama curtir os prazeres da vida. Localizada na divisa com Itapema, a Praia do Estaleirinho tem cerca de um quilômetro de extensão e águas límpidas. Fique atento às ondas fortes. Fora isso, o lugar é maravilhoso para aproveitar os dias de sol.

A Praia do Estaleirinho está próximo à divisa com Itapema
Foto: Estaleiro Village

Rodovia Interpraias leva às praias pouco conhecidas de Balneário Camboriú

Outra atração de quem conhece as praias agrestes de Balneário Camboriú é a Rodovia Interpraias. Encarar suas curvas é se deslumbrar em cada nova paisagem que surge. Ainda pela Interpraias é possível parar nos mirantes, admirar o Oceano Atlântico ou mesmo o relevo com morros e matas em todo o entorno. Pela região há diferentes meios de hospedagem, como campings, pousadas, hotéis e até casas para alugar (via imobiliárias ou AirBNB).

Em cada descida, uma paisagem diferente na Rodovia Interpraias
Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú

Em toda Balneário Camboriú são 135 estabelecimentos de hospedagem com cerca 22.200 leitos, segundo dados da Secretaria de Turismo. Em termos de mobilidade urbana, vale destacar os 14km de ciclofaixa para bicicletas, que devem chegar a 26km até 2020. E por ser uma cidade banhada pelo mar, outra forma de se movimentar por Balneário Camboriú é via náutica. São 12 marinas, 1 trapiche para embarcações turísticas e 1 atracadouro de cruzeiros marítimos.

Curiosidades sobre a história de Balneário Camboriú

Apesar de ser uma cidade jovem, com pouco mais de 50 anos, Balneário Camboriú tem um histórico bem antigo. Em 1758 há registro dos primeiros colonizadores. Porém, foi somente em 1826 que o colono Baltazar Pinto Corrêa recebeu do Governo da Província de Santa Catarina uma área de terra para cultivo e moradia, na localidade que hoje se chama Bairro dos Pioneiros.

Segundo os historiadores locais, em 1840 foi autorizada pela Arquidiocese de Florianópolis a construção de uma Igreja (Tombada como Patrimônio Histórico Municipal) e, assim, criou-se o Arraial do Bom Sucesso. Paralelamente, o Governo elevou o local a Distrito do Arraial do Bom Sucesso, na localidade da Barra do Rio Camboriú e, em 1884, criou-se o Município de Camboriú. A forte economia cafeeira encontrou em Camboriú o lugar ideal. Por muito tempo, o município foi o principal produtor de café do Estado.

Até hoje os turistas se confundem, mas vale deixar claro a diferença que há desde 1964, quando foi emancipada: Balneário Camboriú é uma cidade e Camboriú outra. Elas são vizinhas, porém com administrações diferentes. Cada uma possui o seu prefeito e sua estrutura política e econômica.

Outro fator que gera confusão é o formato das ruas, numeradas em vez de batizadas por nomes de pessoas que fizeram a diferença na organização de Balneário Camboriú. O calçadão da Avenida Central é o marco zero. É a partir dele que as ruas são numeradas. Seguindo para o Pontal Norte as ruas possuem a terminação de números ímpares e, para Barra Sul, possuem a terminação de números pares.

Nenhum comentário

Comente!

Top