fbpx

Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais

Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em email
Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais

Atendimento próximo e incentivo ao desenvolvimento dos pequenos negócios são benefícios de quem escolhe comprar localmente. Em meio aos desafios econômicos, Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais.

A Black Friday, que neste ano será no dia 26 de novembro, é uma data aguardada por muitas pessoas que esperam para comprar aquele item tão desejado com um preço menor. Durante todo o mês, surgem ofertas de compra por todos os lados. Por isso, antes do grande dia, é preciso estar atento para comprar de forma consciente. O principal cuidado é fazer um levantamento de produtos essenciais, além de um comparativo de preços, para não achar que se está comprando algo mais em conta enquanto, na verdade, a oferta sempre teve aquele valor.

            Este é, também, o momento de olhar para questões que vão além do melhor preço. Nesta data, vale ficar atento ao fornecedor – seja uma loja física ou online. Uma boa opção, conforme explica Zenilde Osório, diretora de Operações da Acredicoop, cooperativa integrante do Sistema Ailos, é procurar fazer compras no comércio local. “Além de receber um atendimento próximo, de um estabelecimento que você pode conhecer pessoalmente, comprar do comércio local ajuda a manter o dinheiro na comunidade em que vivemos. Isso gera um círculo virtuoso que estimula a geração de emprego, de renda e de impostos, que contribuem com o desenvolvimento sustentável da sua localidade e a criação de um futuro com mais equidade e oportunidade para todos”, explica.

Black Friday se torna estratégia para fortalecer comércios locais

            Os comerciantes locais, é claro, já se preparam para a data com promoções atrativas para conquistar os clientes. A competição com grandes lojas, às vezes, passa a ser uma dificuldade. Mas a Pesquisa de Consumo de Ferramentas Digitais, produzida pelo Facebook em parceria com a Deloitte e divulgada em 2020, revela que 73% dos consumidores pesquisados no Brasil relataram que começaram a comprar de novos pequenos negócios (do seu ou de outros bairros) desde o início da pandemia. Dentre eles, pelo menos 48% indicam que foram motivados a comprar de negócios locais pela preocupação com a sobrevivência dos negócios e de suas próprias comunidades.

“A Black Friday se tornou uma estratégia para todas as empresas, on e offline. Por isso, nesta data, assim como em outras, nosso pedido é que invistam no comércio próximo à sua casa, porque mais do que oferecer produtos e serviços, esses negócios estão sempre atentos às necessidades das comunidades em que estão inseridos. Esse movimento cooperativo, em que as pessoas compram de um comércio local e esse negócio corresponde às expectativas delas, estimula o desenvolvimento econômico, e torna a nossa sociedade um lugar melhor para todos”, comenta Claudinei Franzen, gerente de uma das filiais da Rede Cooper em Santa Catarina.

            O Ailos possui várias formas de incentivar o comércio local, e uma delas é o Ailos Aproxima, uma plataforma online que apoia os cooperados do Sistema na divulgação e comercialização dos seus produtos e serviços. “Para vender ou comprar basta acessar ailosaproxima.com.br. Este marketplace regional oferece opções de compra que fortalecem a economia local e vale ressaltar que para comprar através do aplicativo, não precisa ser cooperado. Portando, quando for fazer suas compras, tanto de forma online ou nas lojas físicas, vale a pena conferir os comércios próximos, nos quais você confia, conhece o trabalho e sabe que o produto que receberá será de qualidade”, finaliza Zenilde.

Sobre o Ailos

Constituído em 2002, o Ailosé um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1,1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares e uma corretora de seguros, mais de 240 postos de atendimento e mais de R$ 13 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores, contribuindo com o crescimento sustentável e desenvolvimento social das comunidades onde atua. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Sistema Ailos

Conteúdo enviado por Oficina das Palavras – Inteligência em Comunicação e Conteúdo (ODP Comunicação LTDA Me, CNPJ 16.757.842/0001-22). Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui e informe “retirar da lista de contatos”.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.