fbpx

Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores

Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em email
Sistema Ailos se une a Topaz e AWS para implantação de novo core bancário em nuvem

De alimentação saudável a acolhimento emocional, iniciativas buscam melhorar a qualidade de vida durante e após a pandemia. As Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores.

Nunca se falou tanto em bem-estar físico e mental. Principalmente após o início da pandemia da Covid-19, sentir-se bem consigo mesmo se tornou uma grande meta. Pensando nisso, as cooperativas que compõem o Sistema Ailos têm intensificado ações, iniciativas e projetos para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores, tanto os que atuam em formato home office, nas sedes, como aqueles que seguem trabalhando presencialmente nos Postos de Atendimento. O movimento rendeu, inclusive, reconhecimento do Great Place to Work (GPTW), que posicionou a Central Ailos entre as 10 empresas que promovem ações de saúde e bem-estar em todo o Brasil.

“Para nós, é importante reconhecer que todos estamos passando por um período difícil e que tem exigido adaptações consideráveis. Antes de qualquer coisa, atuamos pelo bem das pessoas, e todo o esforço no sentido de proporcionar cuidado e acolhimento tem forte conexão com o nosso propósito cooperativo”, destaca Renata Costa Basílio, Gerente de Gestão de Pessoas da Central Ailos.

Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores: a importância do acolhimento emocional

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Internacional de Gerenciamento de Estresse no Brasil (Isma-BR), 72% da população brasileira sentia algum impacto do estresse na sua rotina no início de 2020, antes da pandemia. Na metade do ano passado, um levantamento da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ) apontou um aumento de 37% em doenças emocionais em profissionais de diversos setores. Os dados refletem um dos grandes desafios contemporâneos das organizações: promover o bem-estar emocional das pessoas.

Atenta a estas demandas, a Viacredi, integrante do Sistema Ailos e a maior cooperativa de crédito do país em número de cooperados, ampliou os serviços voltados para o suporte emocional aos seus mais de 1,8 mil colaboradores. Entre as iniciativas implementadas está o acompanhamento psicológico remoto, por meio do atendimento online. Uma rede de profissionais externos também foi formada nas cidades de atuação da cooperativa, além da ampliação do canal de apoio dedicado aos colaboradores para assuntos relacionados à saúde mental e a questões jurídicas e financeiras.

Adelino Sasse, diretor administrativo da Viacredi, reforça a atuação centrada nas pessoas, característica da cooperativa como motivador para este processo. “Os colaboradores são protagonistas neste processo. Nós entendemos que, para exercer o nosso propósito de transformar vidas, precisamos, antes de tudo, cumpri-lo apoiando o nosso time interno. Por isso, durante uma situação tão adversa como a que vivemos, reforçamos nossas iniciativas para acolhê-los”, afirma.

Alimentação saudável e saúde mental em dia fazem parte!

Outro exemplo vem da Viacredi Alto Vale que, em setembro, lançará a primeira Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) para trabalhar a saúde física e mental do colaborador por meio de atividades. A cooperativa sediada em Ibirama (SC) também realizou a série Hábitos Saudáveis, em que uma nutricionista dá dicas em vídeos publicados uma vez por semana, incentivando os colaboradores a se alimentarem melhor, participarem de sorteios com cestas de frutas e consultas com a profissional. Além disso, foi criado o Canal do Acolhimento, em que especialistas conversam com colaboradores que procuram apoio emocional. 

No litoral, a Credifoz, também integrante do Sistema Ailos, iniciou o programa de apoio Auster, com acesso via telefone, totalmente confidencial e gratuito, para atender as demandas que impactam a saúde e o bem-estar dos colaboradores e seus dependentes. Através dele, as pessoas recebem orientações psicológicas, jurídicas e financeiras. Também foi criado o Tool Box, um material para auxiliar os gestores diante de situações difíceis, como o cuidado, apoio e devido direcionamento a pessoas em crise de pânico ou ansiedade, entre outras situações de emergência.

A Credicomin, mais uma cooperativa do Sistema Ailos, também se movimentou nessa questão. Em setembro, a instituição irá realizar um curso voltado para os colaboradores sobre atenção à saúde mental. O programa contará com quatro módulos desenvolvidos e ministrados por especialistas.

 “O Ailos sempre teve a preocupação de proporcionar às pessoas um ambiente de desenvolvimento e bem-estar, valorizando cada indivíduo em sua singularidade, promovendo inclusão e implementando iniciativas voltadas à saúde emocional. Nosso maior desejo é que as pessoas possam contar com a gente para atravessar a pandemia da melhor forma possível, assim como sempre estivemos juntos em outros momentos de adversidade. Por aqui, cuidamos das pessoas. Esse é um dos nossos valores”, finaliza Renata.

Cooperativas Ailos se unem para preservar o bem-estar e a saúde mental de colaboradores

Sobre o Ailos

Constituído em 2002, o Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1,1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares, mais de 240 postos de atendimento e mais de R$ 13 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores, contribuindo com o crescimento sustentável e desenvolvimento social das comunidades onde atua. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Sistema Ailos

Conteúdo enviado por Oficina das Palavras – Inteligência em Comunicação e Conteúdo (ODP Comunicação LTDA Me, CNPJ 16.757.842/0001-22). Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui e informe “retirar da lista de contatos”.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.