fbpx

Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos

Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em email
Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos

Chef e professora de Gastronomia da UniAvan traz dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos

Passa a noite de Natal ou de Ano-Novo, você abre a geladeira e encontra algumas sobras das ceias. Essa cena é comum na sua casa? Arroz à grega, peru, lombinho, bacalhau e panetone costumam ser os pratos mais apreciados nessa época do ano, mas geralmente são feitos em uma quantidade que nem as grandes famílias conseguem consumir em uma única refeição. Para evitar o desperdício e garantir o aproveitamento dessas sobras de uma maneira deliciosa e saudável, a chef e professora do curso de Gastronomia da UniAvan, Gabriela Mendes, dá sugestões especiais de pratos simples, que podem ser feitos com ingredientes que todo mundo tem no armário e que não exigem muitas técnicas ou horas de preparo:

Sobrou arroz ou bacalhau? Faça um arroz cremoso de forno

A dica é misturar o arroz e o peixe, ou outras proteínas que sobraram da ceia, com um creme de maionese temperado com sal, pimenta e tempero verde. Se for do seu gosto, pode adicionar cebola picada e alho. Coloque a mistura em um refratário com muito queijo parmesão por cima e leve para gratinar no forno. “É um prato rápido de fazer, fácil, quase não dá trabalho e ainda pode ser acrescido de outros ingredientes, como milho, ervilha, azeitona, tomate picado, entre outros”, explica a chef.

Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos: o que fazer com o peru, lombinho ou outras carnes?

A dica é fazer “carne louca”. A professora de Gastronomia da UniAvan conta que essa receita é feita tradicionalmente com proteínas que sobram do churrasco, mas também pode ser produzida com as aves da ceia. É necessário desfiar as carnes, misturar com cebolas em tiras e pimentão, adicionar azeitonas e fazer um refogado colorido. “Pode ser usado como um recheio de sanduíche, antepasto ou pode acompanhar arroz, purê ou massa”.

Dica extra

Ainda para as carnes que sobrarem da ceia, a chef também sugere refogar as proteínas com cebola, alho, cheiro verde e azeite de oliva, colocar em um refratário e distribui-las como base do prato. Por cima, adicionar creme de milho, que é feito com o cereal batido com molho bechamel (molho feito de farinha, manteiga e leite). Pode ser adicionado queijo parmesão ou muçarela por cima; leve ao forno para gratinar. “É uma outra opção de prato fácil de fazer e que acompanha um arroz, uma massa, um purê ou qualquer outro acompanhamento a gosto”, finaliza.

Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos

Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos. Dá para transformar o panetone?

Sim! Tradicional nessa época do ano, ele ganha lugar ao lado do café da manhã, lanche da tarde e é até transformado em presente. Se sobrou, a professora da UniAvan indica fazer um pavê de panetone, que leva creme belga (base de leite condensado, leite, gemas e maisena) e creme de chocolate (feito com cacau em pó ou chocolate 50%). “Ele é montado em camadas; coloca o creme belga, por cima o chocolate e o panetone picadinho. Camada por camada. Por último, cobre a sobremesa com uma camada da mistura do creme de leite batido com quatro claras em neve. Para finalizar, leve para gelar por cerca de três a quatro horas”, explica a chef.

Dicas práticas para transformar as sobras das ceias em pratos deliciosos

UniAvan

Conteúdo enviado por Oficina das Palavras – Inteligência em Comunicação e Conteúdo (ODP Comunicação LTDA Me, CNPJ 16.757.842/0001-22). Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui e informe “retirar da lista de contatos”.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.