fbpx

Dragagem melhora a capacidade comercial das marinas e dos estaleiros

Dragagem melhora a capacidade comercial das marinas e dos estaleiros

Dragagem melhora a capacidade comercial das marinas e dos estaleiros. Serviço é recomendado para manter as vias aquáticas navegáveis e competitivas

A dragagem desempenha um papel crucial na manutenção e no aprofundamento das vias aquáticas, que é essencial para garantir a navegabilidade e a eficiência operacional das instalações portuárias, como marinas e estaleiros. “Em marinas, a dragagem é contratada para a manutenção ou aumento do calado original, visando a melhora comercial, para manter os clientes ou poder receber embarcações de maior porte. Já em estaleiros, o foco é na dragagem de manutenção e para o lançamento de navios, pois é necessário um calado maior para a embarcação não chocar-se com o fundo”, explica Rogério Júnior, engenheiro e sócio-administrador da Submar Dragagens.

A empresa realizou recentemente a dragagem em uma marina de Guaratuba (PR), o que garantiu uma passagem mais segura para embarcações, possibilitou uma maior capacidade operacional e ainda ajudou a proteger o meio ambiente. Foi feito o desassoreamento dos canais de acesso principal e das vagas para lanchas em uma marina. “Fizemos a dragagem da área com a Draga de Sucção e Recalque, aumentando o calado de 1,5 metro para 3,5 metros, o que permitiu a chegada de lanchas de até 60 pés. Esse serviço melhorou a capacidade comercial da marina, pois passou a receber lanchas de maior porte. Com o aumento da demanda por embarcações de maior porte, é essencial garantir um calado adequado para evitar danos às embarcações e garantir operações seguras e eficientes”, avalia Júnior.

          Para que seja efetiva, é indicada a utilização do equipamento correto, de acordo com a dimensão da dragagem. Entre as limitações encontradas, está a dificuldade de manobrar o maquinário em meio a embarcações de alto valor, que oferece risco de causar acidentes e ter grandes prejuízos. “É fundamental saber o equipamento que deve ser usado e ter uma equipe experiente na condução e execução, levando em consideração o porte da obra. Detalhes podem provocar grandes problemas e perdas”,  alerta Júnior.

De acordo com o engenheiro e sócio-administrador da Submar, a dragagem de manutenção depende da taxa de assoreamento do local da marina ou estaleiro. O indicado é que seja feito um monitoramento batimétrico de três em três meses por um ano para obter uma estimativa média de assoreamento. “Quanto mais profundo, mais assoreamento tem, portanto, precisará de uma frequência maior de manutenção”, afirma Júnior. É importante ressaltar que a dragagem de rotina não só melhora a navegabilidade e oferece mais segurança, como também auxilia a melhorar a qualidade da água e as condições ambientais.

Dragagem melhora a capacidade comercial das marinas e dos estaleiros

Sobre a Submar Dragagens

Com 27 anos de atuação no mercado, a Submar Dragagens oferece serviços de dragagens, desassoreamento e batimetria em todo o Brasil, atuando em projetos de pequeno, médio e grande porte. Possui dragas, escavadeiras hidráulicas, balsas flutuantes e diversos equipamentos necessários para a execução dos serviços oferecidos pela empresa. Conta ainda com uma equipe de profissionais habilitados e treinados para garantir a melhor qualidade de seus serviços e transmitir segurança ao cliente.

Além disso, a Submar está em conformidade com as normas ISO 9001, ISO 14001 e ISO 45001, que asseguram o mais alto padrão de qualidade, segurança e respeito ao meio ambiente, através da certificação pelo Bureau Veritas Certification, com o escopo de “Prestação de serviços de batimetria, desaguamento de lodo, dragagem hidráulica e mecanizada, desassoreamento e alargamento utilizando draga de sucção e recalque e escavadeira hidráulica”.

Conteúdo enviado por Oficina das Palavras – Comunicação para Negócios (ODP Comunicação LTDA Me, CNPJ 16.757.842/0001-22). Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui e informe “retirar da lista de contatos”.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.