Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma

Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em email
Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma

Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma: docente da UniAvan e especialista em treinamento físico aponta a importância de adotar hábitos saudáveis para viver mais e com autonomia.

A pirâmide da longevidade vem tomando um novo formato, de modo que, em 2060, o Brasil terá uma população predominante de pessoas acima dos 60 anos de idade, segundo dados do IBGE. Esse fato se deve à maior expectativa de vida da população mundial, que devido aos avanços da medicina, melhorias em saneamento básico, saúde pública e acesso a lazer, por exemplo, têm contribuído para esse cenário.

O professor Tiago Coelho, docente no Centro Universitário Avantis – UniAvan e doutorando em Biodinâmica do Desempenho Humano, afirma que para uma pessoa chegar na velhice de forma saudável e com autonomia para realizar suas atividades da vida diária (AVDs) faz-se necessária uma vida vinculada a hábitos saudáveis. “Podemos incluir nestes hábitos a alimentação equilibrada, hidratação, controle do estresse e exercícios físicos. Esse último sendo considerado um tratamento não farmacológico para evitar, combater e/ou controlar uma porção de doenças, entre elas a hipertensão arterial, diabetes, dislipidemia, obesidade, artrite, artrose, fibromialgia e Alzheimer. Além disso, a prática regular de atividades físicas tem sido atribuída a menores chances de crises de ansiedade e depressão, as quais têm sido apontadas como o mal do século”, detalha.

Diante dessa situação multifatorial que interfere diretamente na longevidade humana, o professor Tiago Coelho salienta que é preciso olharmos com atenção para essas questões, buscando possibilidades para as pessoas se manterem fisicamente ativas e praticando bons hábitos. Pensando nisso e com o intuito de trazer uma solução para um problema de saúde pública instaurado pela pandemia e pelas restrições que o vírus impôs, como o fechamento de todos os espaços destinados à prática de exercícios físicos, o profissional de Educação Física Lucas Coelho idealizou o Projeto Movimento, do qual o professor Tiago também faz parte. O projeto é uma filosofia de vida que busca, por meio do gerenciamento dos hábitos saudáveis, uma reestruturação do ser, contribuindo com a saúde integral por meio do treinamento, conhecimento e motivação.

O Projeto Movimento passou a produzir conteúdo de ordem informativa, motivacional e atitudinal nas redes sociais, para o que os seguidores do perfil @projetomovimentooficial no Instagram tivessem acesso a momentos de reflexão e pudessem tomar decisões que impactassem positivamente em suas rotinas. Atualmente, há pouco mais de um ano de sua criação e de dois meses de criação da conta oficial, o Projeto Movimento se estabeleceu como um serviço (on-line e presencial) de saúde holístico com ferramentas de mudança no comportamento humano. Composta por quatro momentos, a filosofia é apresentada em uma pirâmide na qual os profissionais do movimento baseiam suas atividades. São eles: “Você Sabia?!”, “Equilibre-se”, “Momento Água” e “Mova-se agora”.

Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma

Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma. Os quatro momentos da Pirâmide do Movimento

No momento “Você sabia?!”, a pessoa recebe uma informação, que resulta em uma nova interpretação relacionada a algum tema que ela ainda não tinha conhecimento ou apenas não havia recebido a mensagem da maneira correta.

O momento “Equilibre-se” busca ajustar as rotinas de trabalho, lazer e alimentação às necessidades do dia a dia. Sem, no entanto, deixar de cumprir suas responsabilidades profissionais, sociais e familiares, mas aos poucos mudando os costumes e hábitos, como a hidratação, que é a primeira mudança sugerida pelo Projeto Movimento.

Essa primeira mudança, que é denominada momento “Água”, é o primeiro comportamento que a metodologia quer que o indivíduo incorpore em sua rotina. É o hábito mais fácil, barato e simples de mudar, pois depende apenas de cada indivíduo. Após ter compreendido os subníveis da Pirâmide do Movimento, o participante está pronto para o momento “Mova-se agora”, que é o treinamento propriamente dito. “Em se tratando especialmente dos idosos, é natural e fisiológico uma diminuição das capacidades físicas e cognitivas a partir da meia idade, como diminuição de força e equilíbrio, declínio das funções orgânicas e metabólicas e consequentes alterações estruturais na postura e na musculatura”, reforça o profissional de Educação Física Lucas Coelho.

A fraqueza muscular leva o idoso a posturas viciosas, irregulares e compensatórias, que têm como consequência o agravo do aparelho locomotor, a diminuição da marcha e a perda de equilíbrio, que induz ao aumento da tendência de quedas e fraturas.

Fatores intrínsecos como idade, alteração do equilíbrio, inatividade física, aparecimento de doenças crônico-degenerativas, enfraquecimento muscular, alteração da visão, audição e tonturas, somados a fatores extrínsecos como falta de iluminação, ambientes com escadas, degraus, piso irregular e calçados inadequados podem levar à incapacidade funcional e a um grande número de quedas.

Como principais benefícios do exercício físico sistematizado para as pessoas e, em especial, para idosos, estão a atenuação da sarcopenia (perda de massa muscular) e da osteopenia (perda de densidade óssea), aumento dos níveis de força, equilíbrio e condicionamento cardiorrespiratório, além dos benefícios sociais e psicológicos que fazer parte de um grupo pode propiciar.

Atividades ao ar livre, como caminhadas e alongamentos, ou em ambientes controlados, como academias e estúdios, são possibilidades de praticar exercícios físicos e de protelar a chegada da incapacidade funcional. Ginásticas e esportes em grupo, musculação, pilates, ioga, tai chi chuan e, até mesmo, atividades em ambiente aquático, são alternativas de modalidades que podem ser incorporadas às rotinas do idoso, conforme orientação especializada, levando em consideração as necessidades e limitações de cada um. “Acredite no poder do movimento!”, finaliza o doutorando Tiago Coelho.

Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma. Os quatro momentos da Pirâmide do Movimento

Hábitos saudáveis tornam a vida mais longeva e autônoma

  • Crédito das fotos: Gabi Correa Fotografias

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:

UniAvan

Conteúdo enviado por Oficina das Palavras – Inteligência em Comunicação e Conteúdo (ODP Comunicação LTDA Me, CNPJ 16.757.842/0001-22). Se deseja não receber mais mensagens como esta, clique aqui e informe “retirar da lista de contatos”.

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.