Mais de 70% dos turistas avaliam bem o cumprimento dos protocolos de saúde na região da Costa Verde & Mar

Compartilhar em whatsapp
Compartilhar em facebook
Compartilhar em twitter
Compartilhar em linkedin
Compartilhar em email

Pesquisa de Demanda Turística começou a ser aplicada em janeiro e segue até março. Resultado parcial apontou os impactos da pandemia aos turistas, o perfil dos visitantes e as acomodações escolhidas nesse período

Realizada há seis anos na Costa Verde & Mar (SC) para indicar como os visitantes avaliam a região, neste ano, a Pesquisa de Demanda Turística recebeu perguntas relacionadas aos protocolos contra a Covid-19. O resultado parcial da amostra, aplicada no mês de janeiro, apontou que 72% dos entrevistados avaliaram bem o cumprimento das medidas e os cuidados adotados pelos municípios. O estudo foi feito em pontos turísticos e somou 1,3 mil respostas apenas na primeira fase (de 4 a 29 de janeiro). O coeficiente de confiança é de 95% e a margem de erro de 2,7%. A avaliação seguirá até o final de março com objetivo de atingir pouco mais de quatro mil turistas.

O resultado parcial da pesquisa apontou que, para 56,5% dos entrevistados, a pandemia não causou nenhum impacto nos seus planos de viagem. Entre os que tiveram algum tipo de alteração, quase 30% afirmaram ter diminuído a opção de passeios, 10,9% citaram que tiveram que alterar a data e 9,5% optaram por reduzir o tempo de permanência no local. Já 5,1% dos entrevistados mudaram o destino, 4% apontaram que diminuíram o orçamento e 2,3% alteraram o meio de transporte escolhido.

A pesquisa apontou que a imensa maioria de visitantes, 98,1%, foi de brasileiros, sendo que 31,1% vindos do Paraná, 29,9% de outras regiões catarinenses e 14,9% do Rio Grande do Sul. “Com as fronteiras fechadas em função da pandemia, acabou se confirmando uma hipótese já esperada pelo setor: o turismo regional. O maior volume de visitantes foi de moradores dos estados vizinhos, que optaram por aproveitar as férias em uma região próxima às suas casas”, explica o presidente do Colegiado de Secretários de Turismo da Amfri, Valdir Rubens Walendowsky.
No quesito acomodações, o resultado parcial da pesquisa indicou que a maioria dos visitantes, 30,4%, escolheu alugar casa ou apartamento para a sua estadia. Um número um pouco menor, 27,4%, ficou hospedado na residência de parentes ou amigos, seguido de 20,6% dos entrevistados que pernoitaram nas suas casas de veraneio (segunda residência). Já 11% das pessoas se hospedaram em hotéis e 9,3% em pousadas.

Uma curiosidade foi registrada com relação a renda familiar: 38,9% informou receber de 4,1 a 10 salários mínimos. Quase 24% dos visitantes disseram ter um rendimento de 2,1 a 4 salários mínimos e 27% mais de 10,1 salários mínimos, um número 270% maior que a pesquisa realizada em 2020.

Avaliação geral

Na avaliação dos serviços e atrativos oferecidos, o resultado parcial da pesquisa mostrou que 96,2% dos entrevistados se sentiram muito satisfeitos com a região, 99% disseram que recomendariam o destino pra outras pessoas e 98,6% pretendem retornar em outras oportunidades. “Com as informações coletadas podemos mapear áreas que precisam ser aprimoradas e os pontos em que estamos acertando. Nosso foco é sempre saber o que o turista quer para atender melhor e oferecer mais opções de lazer e entretenimento”, explica Walendowsky. As entrevistas serão realizadas nas cidades da Costa Verde & Mar até o fim de março.

Para reforçar a importância de se manter os protocolos indicados pelos órgãos de saúde, a Costa Verde & Mar promove a campanha “Você está de férias, mas o Coronavírus não!”. Com ações nas redes sociais da região, bem como em cartazes, placas e materiais informativos, a equipe busca relembrar os visitantes sobre o necessário uso de máscara, higienização das mãos e de evitar aglomerações.

Resultado parcial (janeiro) da Pesquisa de Demanda Turística Costa Verde & Mar 2021:

PERFIL DO PÚBLICO:

País de origem:
Brasil: 98,1%
Paraguai: 0,7%
Argentina: 0,4%
Outros países: 0,8%

Estado de origem:
Paraná: 31,1%
Santa Catarina: 29,9%
Rio Grande do Sul: 14,9%
São Paulo: 10,2%
Mato Grosso do Sul: 4,5%
Outros: 9,4%

Faixa etária:
18 a 25 anos: 10,4%
26 a 30 anos: 10,1%
31 a 40 anos: 29,3%
41 a 50 anos: 27,8%
51 a 65 anos: 18,3%
Mais de 65 anos: 4,1%

Renda familiar mensal:
Até 2 salários mínimos: 9,1%
De 2,1 a 4 salários mínimos: 23,9%
De 4,1 a 10 salários mínimos: 38,9%
De 10,1 a 20 salários mínimos: 19,3%
Mais de 20 salários mínimos: 7,7%
Não respondeu: 1,1%

ACOMODAÇÃO E VISITA:

Tipo de acomodação escolhida:
Aluguel de casa/apartamento: 30,4%
Casa de parentes e amigos: 27,4%
Casa própria (segunda residência/veranista): 20,6%
Hotel: 11%
Pousada: 9,3%
Outros: 1,3%

AVALIAÇÃO:

Cumprimento dos protocolos de prevenção à Covid-19:
Muito bom/bom: 72%
Regular: 19,5%
Ruim: 7,5%
Não sabe: 1%

Principais impactos da pandemia para a sua viagem (respostas múltiplas):
Nenhum impacto: 56,5%
Mudança na data de viagem: 10,9%
Diminuição do tempo: 9,5%
Diminuição do orçamento: 4%
Mudança do destino escolhido: 5,1%
Mudança no meio de transporte: 2,3%
Diminuição atividades/passeios: 29,7%
Outros: 0,2%

Avaliação geral:
Muito bom/bom: 96,2%
Regular: 2,9%
Ruim: 0,3%
Não sabe: 0,6%

Recomendaria a região?
Sim: 99%
Não: 0,8%
Não sabe: 0,2%

Pretende retornar?
Sim: 98,6%
Não: 0,9%
Não sabe: 0,5%

Cidades da Costa Verde & Mar (SC): Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Itajaí, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo.

Informações para a imprensa – Oficina das Palavras:

Martha Kienast – litoral1@grupoodp.com.br – +55 (47) 9 9994-1265
Ricardo Ruas – ricardo.ruas@grupoodp.com.br – +55 (47) 9 9995-1846

COSTA VERDE & MAR

Consórcio Intermunicipal de Turismo Costa Verde & Mar – CITMAR.
www.costaverdemar.com.br
www.facebook.com/CostaVerdeeMar
www.instagram.com/costaverdemar

Deixe seu comentário

Cadastre seu e-mail para receber notícias

A Oficina das Palavras utiliza cookies. Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Consulte nossa página de política de privacidade para saber mais.